Filtrar
Prêmios da Sodexo

Igualdade de gênero: Horta na Laje recebe prêmio na ONU

16/09/19 17:30

O projeto recebeu o Troféu GEEIS-SDG por promover o empoderamento das mulheres da comunidade de Paraisópolis (SP)

 

Horta na Laje recebe prêmio na ONU por promover a igualdade de gênero

 

 

Em 16 de setembro, a Sodexo, por meio do Instituto Stop Hunger, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), sem fins lucrativos que tem por objetivo combater a fome e a má nutrição, recebeu o Troféu GEEIS-SDG pelo projeto Horta na Laje. A premiação de responsabilidade social foi na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York.

O prêmio é inédito e reconheceu o Horta na Laje como o destaque entre as ações de responsabilidade social que promovem a igualdade de gênero, em acordo com os  Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) da ONU. Foram cinco empresas finalistas, de diferentes países.

 

Por que o prêmio é tão importante?

Criado pela Arborus, o GEEIS (sigla em inglês para Padrão Internacional e Europeu para a Igualdade de Gênero) é um reconhecimento internacional para empresas que demonstram, de forma efetiva, o comprometimento em conquistar o equilíbrio de gênero no ambiente de trabalho e, também, nas comunidades em que atuam.

Para concorrer ao Troféu GEEIS-SDG, as empresas  já deveriam ter recebido o selo GEEIS pela promoção da diversidade e da inclusão no ambiente de trabalho. A Sodexo foi reconhecida com o selo em 2018, porque lidera uma série de iniciativas de responsabilidade social e ambiental dentro e fora da companhia, que têm por objetivo criar uma cultura verdadeiramente inclusiva, em que todos se sentem valorizados e respeitados, independentemente de sexo, orientação sexual, necessidades especiais, idade ou etnia.

Horta na Laje: da favela para o mundo!

Com o apoio da Sodexo, o Instituto Stop Hunger iniciou esse projeto de sustentabilidade social na comunidade paulistana de Paraisópolis em 2017. Desde então, mais de 3 mil pessoas já foram capacitadas para cultivar hortaliças e temperos em casa.

O projeto é feito em parceria com organizações locais como a Associação de Mulheres de Paraisópolis e a União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis.

Ao instalar uma horta em casa, é possível ter mais alimentos frescos na mesa da família e, também, criar uma nova fonte de renda para essas pessoas, que podem vender sua produção orgânica para restaurantes e outros interessados.

Quer ajudar a tornar o Horta na Laje muito maior? Clique aqui para saber como apoiar o Instituto Stop Hunger.

Leia mais sobre o projeto Horta na Laje