• Início
  • Sodexo Insights
  • Sua empresa sabe cuidar da saúde mental das suas equipes?

Gestão de negócios

Sua empresa sabe cuidar da saúde mental das suas equipes?

Está aí um tema que deve ser trabalhado o ano inteiro! Empregadores devem olhar com cuidado para os seus funcionários, identificando se eles estão bem ou precisam de ajuda. Veja como fazer!

Artigo - Burnout.jpg

Já parou para pensar se a sua equipe está bem? Cuidar da saúde mental dos funcionários é muito importante - e um dever das empresas. Afinal, bem-estar e equilíbrio são fundamentais para garantir um ambiente produtivo, leve e motivado.

Sabemos que nem sempre é fácil identificar problemas do gênero ou então conversar com os profissionais sobre saúde mental no trabalho. Daí a necessidade de ter um programa consistente com foco no tema, que precisa ser trabalhado o ano inteiro. Quer saber como criar o seu? É o que trazemos neste artigo. Você verá:


Por que é tão importante cuidar da saúde mental dos funcionários e ter acolhimento psicológico?

Saúde mental no trabalho não pode ser esquecida. Sete em cada dez pessoas tiveram algum sintoma de burnout (como esgotamento profissional) desde que começaram a trabalhar em home office, segundo pesquisa feita pela plataforma Capterra com 418 profissionais. Outro estudo, do Instituto Ipsos, mostra que 53% dos brasileiros declararam que seu bem-estar mental piorou em 2020.
 
O cenário fez muitas empresas repensarem o cuidado com os funcionários – e assuntos de saúde mental começaram a ganhar força nas práticas de gestão de pessoas. Segundo a pesquisa Revolução das Competências, do ManpowerGroup, 61% dos líderes de RH no Brasil apontam a temática como prioridade na agenda daqui para frente.
 
Para garantir um ambiente seguro e inclusivo, é recomendado implementar uma rede de apoio, disponibilizando terapeutas e psicólogos. Além disso, os gestores devem estar preparados para ter ferramentas e recursos capazes de lidar com algum tipo de questão psicológica ou emocional.
 
“O gatilho, para muitas companhias, aconteceu com a pandemia. A sensibilização aumentou e as empresas passaram a disponibilizar mais programas de capacitação no tema”, explica Mônica Torquato, gerente de Treinamento, Desenvolvimento, Recrutamento e Seleção da Sodexo Benefícios e Incentivos.

Vida pessoal e vida profissional são uma só

Trata-se de uma mudança de paradigma no mundo corporativo. Há alguns anos, era muito comum pensar no colaborador em duas esferas: a profissional e a pessoal.
 
“Era como se tivéssemos de colocar uma ‘armadura’ e retirá-la quando chegássemos em casa. Aí sim, poderíamos ser quem somos e, em muitos casos, adoecermos”, ressalta Mônica.
 
Mas, de acordo com ela, não há espaço para este “check-in e check-out”. “Isso precisou ser ressignificado, pois os problemas pessoais e profissionais estão na mesma linha”, completa. Na Sodexo, por exemplo, o tema ganhou ainda mais força em 2020, quando a empresa realizou uma pesquisa com o time que passou a trabalhar em home office por causa da pandemia. “Percebemos um baixo fator de favorabilidade à saúde psicológica”, diz. Assim, depois de entender mais a fundo a situação e ouvir as pessoas, várias práticas foram implementadas. Afinal, saúde mental na pandemia entrou em pauta.
 
Um dos primeiros passos foi buscar parcerias para aperfeiçoar o Apoio Pass, programa que oferece suporte psicológico, social, financeiro e jurídico a funcionários. Trata-se de uma verdadeira rede de apoio, que pode ser contratada por companhias de diferentes portes e setores.

Tal iniciativa oferece relatórios com dados valiosos que mostram indicadores relacionados à saúde mental (sem expor ninguém - tudo de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados - LGPD). Ter acesso a esse tipo de informação é muito importante para aprimorar ações internas e pensar em novas, por exemplo. 

É possível visualizar ainda os principais auxílios que foram usados no período, mostrando quais as principais preocupações que estão na cabeça dos profissionais. E tudo é extensível aos familiares - para assegurar um suporte consistente.


Burnout: e-book ensina a prevenir e identificar casos na empresa
Gostando da leitura? Então baixe esse
e-book sobre o burnout e como prevenir

 
Capacitação para gestores é fundamental

A liderança tem um papel decisivo na promoção da saúde mental no trabalho e no desempenho dos profissionais. Por isso, um bom caminho é estruturar um programa de capacitação para os gestores, que deve estar de acordo com a configuração  adotada pela companhia. Ou seja, se está atuando em modelo híbrido, home office ou presencial. 

Nesse sentido, sobretudo para as equipes a distância, é essencial adotar a lógica dos ‘3 Cs’: comunicação, colaboração e confiança. Os líderes devem saber como abordar tais características no dia a dia. Para isso, recorra à realização de workshops e webinars, por exemplo, com convidados especialistas. 

Algumas sugestões de temas para você usar na sua empresa: “a comunicação é essencial para que as pessoas que não estão no escritório não se sintam distantes”, e “como incentivar o trabalho em equipe e a colaboração com alguns em casa e outros no escritório”.
 
Além disso, para evitar o esgotamento profissional e prevenir o estresse no trabalho, os líderes precisam atuar como agentes de saúde e bem-estar, uma vez que estão mais perto dos times e vão notar quem não está bem. O cenário ideal é o de escuta ativa, ou seja, quando o gestor ouve o colaborador e tem a sensibilidade de perceber quando alguém precisa de ajuda.

Dica: separe um tempo com cada profissional pelo menos uma vez por semana, além das reuniões semanais de equipe. Faça também um acompanhamento dos indicadores e promova encontros mensais de gestores para falarem sobre a experiência e participarem de treinamentos específicos.

No mais, disponibilize, sempre que possível, conteúdos interessantes e explicativos sobre saúde mental, seja em formato de e-book, artigos ou vídeos. Ter acesso à informação é essencial para perceber quando você está precisando de ajuda. O mesmo vale para os seus times.
 
Concluindo
Mais do que nunca, você deve cuidar da saúde mental no trabalho das suas equipes. É algo que precisa estar presente no dia a dia, o ano inteiro. Comece esse trabalho apostando em programas de capacitação dos líderes, pois eles estão mais perto dos times. Recorra também a  iniciativas voltadas à conscientização e à oferta de informação de qualidade. 

Afinal, é importante conhecer os problemas existentes para conseguir identificá-los com mais clareza. Outro caminho é disponibilizar auxílios, como atendimento psicológico e financeiro, por exemplo. Sem dúvidas, cada um se sentirá mais acolhido.

Por fim, acompanhe os resultados dessas iniciativas e também a evolução de cada caso para saber se houve avanços. Seu papel é decisivo!

E aí, quer um apoio nessa jornada? Conte com a gente para suporte social para suas equipes! Aproveite para conhecer o Apoio Pass e as nossas soluções voltadas à saúde mental.

Até a próxima!
 
 

 

Quero saber mais sobre as soluções Sodexo

thumbInscreva-se para receber novos conteúdos